Pablo nega estar devendo no São Paulo: “Empenho e dedicação nunca faltaram”

O atacante Pablo concedeu entrevista coletiva nesta quinta-feira, no CT da Barra Funda, e negou estar devendo desde que chegou ao São Paulo. Apesar da falta de gols e do futebol abaixo daquele apresentado no Athletico-PR, que o fez chegar ao Morumbi, o camisa 9 tricolor acredita que tem feito por onde para ter o status que tem dentro do elenco.

Pablo terminou o ano de 2019 com apenas sete gols marcados em 28 jogos, uma média de um tento a cada quatro partidas. Atrapalhado por três lesões ao longo do ano passado, o jogador esteve ausente em momentos importantíssimos, como a final do Campeonato Paulista, mas agora espera que o azar passe bem longe do Morumbi.

“Foi um ano atípico na minha carreira, muito difícil. Duas lesões graves. Devendo, não. Empenho e dedicação nunca faltaram, é mais resultado, gols, que é o que esperam de mim e dos meus companheiros. Agora estou recuperado e 100%. Cheguei bem para a pré-temporada. Espero um ano totalmente diferente do ano passado, que esse ano seja muito bom”, afirmou Pablo.

Apesar de ter sido o jogador que mais ficou ausente no São Paulo em 2019, Pablo terminou o ano como artilheiro da equipe, com sete gols. Vitor Bueno, por sua vez, foi o maior goleador tricolor no Campeonato Brasileiro, com seis tentos. Mais do que o futebol demonstrado em campo, os números evidenciam que o ataque são-paulino tem muito a melhorar.

“[O número é] Muito baixo. Minha meta é não me machucar, não ter lesão. Que as fatalidades não aconteçam comigo. Não tem meta, é ajudar e vencer os jogos naturalmente. Quando tiver chance, estar o mais frio possível para fazer o gol”, prosseguiu o camisa 9 do São Paulo.

“Em momentos importantes, perdemos jogadores. Pato, Everton, Toró e eu. Óbvio que o time sente isso, temos de estar inconformados com isso. Não pode um time como o São Paulo fazer uma quantidade de gols tão baixa com esses jogadores. Temos de nos dedicar, fazer o que o treinador pede para ter um ano completamente diferente”, completou.

Fonte: Gazeta Esportiva

Blog do Tricolor

Uso indevido de imagem/criação é crime (Leis nº 5.988/73 e 9.610/98)

O que muitas pessoas ao criarem uma página na internet não sabem, é que nem tudo que se vem a cabeça é...

Chega de dar IBOPE para a imprensa tendenciosa! Ajude a imprensa TRICOLOR!

Vou ser simples e direto nessa campanha! O torcedor são-paulino precisa entender de uma vez por todas que É ELE QUEM DÁ IBOPE...

Devolvam as Cores do Meu Tricolor

Ano de 2011! Um ano sem cor! Um ano sem brilho, sem brio, sem amor, sem sabor. Um ano para aprender e esquecer do...

SPFC, te odiei por quase um segundo…

Em 2006 escrevi um dos meus textos mais comentados, copiados e replicados pela internet. Alias, não só replicados como adaptado também para...

Rogério Ceni não é meu ídolo!

Um ídolo realiza coisas a qual se espera dele. E isso não define o que é Rogério Ceni pra mim. E vejo ele como HERÓI!...

Mais Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui