Linha 17 Ouro “Mais que futebol!”

Olá amigos, são-paulinos ou não. 

Hoje uso meu espaço aqui no SPFC Digital para mostrar como os interesses clubisticos podem influenciar sobremaneira a postura de pessoas alheias aos objetivos das melhorias e do bem estar da população.

E infelizmente falarei de dois lados.

Primeiro, Sr Ricardo Galassi, um torcedor fervoroso do Palmeiras, ligado a diretores do referido clube, que usa freqüentemente e de forma desrespeitosa a sigla SPFW para atacar o SPFC (qualquer busca simples no Google com o nome do mesmo se constata isso e muito mais), o que para um profissional da sua envergadura (sim, denota-se o respeito humano sem ofensas aqui) e que fala em nome de uma associação JAMAIS deveria ter tal postura.

E do outro lado um conselheiro do SPFC, Sr. Aurélio Miguel, que foi candidato a presidência do clube e que como vereador, poderia estar zelando melhor o bem estar dos moradores e trabalhadores da região, torcedores e freqüentadores do estádio do Morumbi. Sem qualquer clubismo, apenas atuando como representante da sociedade. 

Todos vão perceber pelas palavras de ambos nos vídeos abaixo, que a paixão e a mágoa são sentimentos latentes que norteiam os discursos.

Em nenhum momento levaram em consideração as questões sociais e os benefícios que TODO CONJUNTO das obras na região do Morumbi trarão aos moradores, trabalhadores e obviamente também aos freqüentadores do estádio.

No caso do Sr Ricardo Galassi, faz uma explanação contundente e aparentemente crível até o encerramento quando diz “Sem Metrô, o projeto de alavancar receitas pro clube de futebol, não existe!” Frase lamentável e leviana. Todos as outras questões sociais e de cidadania são secundárias para ele e seu clube.

Já o conselheiro e vereador, Sr Aurélio Miguel, não se mostra muito a par das necessidades de quem mora, transita na região e freqüenta o estádio. Com todo respeito que cabe aqui, nem sei se o mesmo vai aos jogos do time com freqüência para não conseguir entender as dificuldades que o torcedor passa para chegar ao Morumbi. Porém, pela forma como se expressou, dizendo “nós estamos com a Linha Amarela do Metrô pronta, e dá muito bem para as pessoas andarem 1 km e irem ao estádio. Não precisa fazer estacionamento por isso, só vai interessar ao São Paulo” , não consigo pensar e nem deixar de questionar, como direito de cidadão a um vereador, 3 coisas:

Primeiro, abro espaço no portal para a manifestação do nobre vereador e conselheiro do SPFC, para explicar suas declarações. Porque eu, e acredito que muitos que vão ver esse vídeo, não vão entender como alguém que poderia ajudar, se manifesta contra as pessoas que frequentam o Morumbi.

Em segundo lugar, eu gostaria que o vereador dissesse o que disse para um deficiente físico, um cadeirante, um cego que precisa de auxilio para percorrer as calças muito mal planejadas para qualquer tipo de deficiente. Pessoas que precisam de acessibilidade, seja para transitar na região do estádio, seja para freqüentarem o mesmo. Me parece que o excelentíssimo jamais transitou na região do Morumbi nas primeiras horas do dia ou no final da tarde. Acho que para o vereador, perder horas no trânsito é coisa normal.

E por ultimo, como é dirigente do clube e tem estacionamento privativo dentro do estádio, JAMAIS teve seu carro roubado ou com vidros quebrados para roubo de toca cd´s nas imediações do estádio em dias de jogos como eu já tive.

E a região não precisa das obras locais e muito menos da Linha 17 – Ouro?

Como se no bairro do Morumbi só existisse o Estádio do Morumbi. Nós sabemos que já foi assim um dia, mas hoje existe o Palácio do Governo, muitos hospitais, pequenas, médias e grandes empresas que fazem parte do bairro. Ou não?

E nessas empresas TODAS as pessoas têm carro e chegam confortavelmente, mesmo que atrasados por conta do péssimo trânsito na região, aos seus empregos e compromissos?

Com todo respeito, mas o excelentíssimo vereador está de brincadeira! Nem vou me dirigir ao referido como são-paulino, já que o mesmo pratica o “fogo amigo”.

E não estou dizendo para o mesmo dizer amém a tudo que seja da atual diretoria, afinal, é oposição dentro do clube, mas que seja coerente e defenda os interesses do SPFC, que é muito maior e mais importante que aqueles que estão lá momentaneamente.

“As pessoas passam e o clube fica”.

Por isso, que o vereador defenda o interesse da população que transita na região e freqüenta o estádio, seja em jogos de futebol, seja em shows que engrandecem cada vez mais a nossa cidade.

Oposição é para ser feita dentro do clube, não contra a cidade.

Agora faço uma reflexão. Quando o Morumbi foi feito, criaram um plano de transporte para o acesso ao mesmo. Certo? Mas esse plano vislumbrava um volume de publico, na sua maioria por meio do transporte coletivo e até onde eu sei, até porque vivi essa época, NUNCA teve maiores problemas. Só que o perfil dos freqüentadores mudou e temos hoje uma grande maioria freqüentando o estádio com seu próprio veículo. Correto? Não aconteceu a mesma coisa com os estádios do Pacaembu, Palestra Itália e Canindé?

Porque hoje não podem fazer as adequações necessárias? Seja em beneficio daqueles que vão aos jogos e shows, seja para quem mora, trabalha ou transita na região.

Se o estádio do Corinthians for feito em Itaquera, não haverá plano de transporte para o acesso ao estádio? Já não tem Metrô lá? E então os torcedores de SPFC, Palmeiras vão fazer campanha contra um acesso do Metrô para o estádio dele simplesmente para prejudicar o outro clube e seus torcedores porque são nossos rivais?

Sinceramente esse mundo do futebol está ficando cada vez mais chato de se conviver. Alias, cheio de pessoas chatas e mal amadas. Pessoas tomando pra si questões passionais para justificar atitudes levianas e que lesam milhares de pessoas por simplesmente ser torcedor de um time oponente.

Eu já disse isso no meu twitter e repito aqui:

Tem pessoas que o “futebol” está fazendo muito mal e precisam se afastar dele! Pessoas que levam muito mais a sério aquilo que sempre foi a razão da alegria, da diversão, do relacionamento saudável entre amigos e pessoas que torcer pra times diferentes e que a cada dia está se tornando um perigo de morte conviver com gente que não sabe ouvir a opinião diferente da sua.

Falo isso também em relação a muitos torcedores e até do meu time que acham que suas opiniões são as fundamentais para humanidade e que elas são o centro do universo dos torcedores, quando na verdade precisam apenas de atenção e não sabem conquistar isso com algum mínimo de inteligência e educação. Além do que não sabem conviver com a derrota porque só “torcem” pro time quando ele ganha alguma coisa.

Fica aqui minha indignação sobre esse estado de coisas e com o que está acontecendo em relação a Linha 17  Ouro, projeto que existe bem antes da confirmação da Copa 2014 no Brasil e convoco humildemente, na condição de apenas um são-paulino e cidadão paulistano sabedor dos seus direitos, os torcedores, moradores, trabalhadores e pessoas que transitam na região, profissionais da área de transporte, engenharia civil, do meio ambiente e até autoridades para que estudem o tema e se manifestem sobre a Linha 17 – Ouro. Que seja para apoiar, que seja para ser contra. Mas tenha argumentos acima de camisas de clubes, interesses partidários ou de associações que não se entendem.

A cidade de São Paulo está acima que qualquer interesse dessas pessoas que não sabem o que é conviver com transito, violência, desconforto, chuva e descaso de quem deveria zelar pelo povo.

Assistam aos vídeos e tirem vocês as suas conclusões. As minhas são essas. Reportagem sobre a Audiência Pública Metrô linha 17 realizada pela TV Jabaquara

Sr Ricardo Galassi, palmeirense fervoroso fala em nome de sua comunidade

Aurélio Miguel declara ser contra a Linha 17 – Ouro e o estacionamento em frente ao estádio do Morumbi

Mais informações sobre a Linha 17, no blog do meu amigo Navarro:

http://blogdonavarro.com/2010/12/05/objecoes-do-ministerio-publico-nao-impedirao-construcao-do-monotrilho/
http://blogdonavarro.com/2010/12/03/implicacoes-da-liminar-contra-o-monotrilho/http://blogdonavarro.com/2010/10/30/moradores-de-paraisopolis-se-mobilizam-pelo-monotrilho/http://blogdonavarro.com/2010/10/22/projeto-causa-mais-beneficios-do-que-impactos-negativos-o-mais-viavel/http://blogdonavarro.com/2010/10/06/metro-demonstra-determinacao-em-superar-resistencia-ao-projeto/http://blogdonavarro.com/2010/10/06/especialista-releva-reclamacoes-de-moradores-e-defende-os-beneficios-da-construcao-do-monotrilho/http://blogdonavarro.com/2010/10/06/prefeitura-pode-ter-problemas-para-as-obras-no-entorno-do-morumbi/

Notícias do Tricolor

Tiago Volpi rasga elogios a Diniz e destaca avanço do time: “Muito notório”

Tiago Volpi conversou com a imprensa depois do treino do São Paulo na manhã desta terça-feira. O goleiro comentou sobre o trabalho de Fernando...

Antony deixa treino do São Paulo mais cedo após choque em coletivo

Antony se tornou uma preocupação para a comissão técnica do São Paulo nesta quarta-feira. O atacante deixou o treinamento mais cedo por conta de...

Poupar ou não poupar? Diniz terá de definir estratégia antes de estreia na Libertadores

O São Paulo estreia na Libertadores no dia 5 de março, quinta-feira, às 21h (de Brasília), contra o Binacional, do Peru, fora de casa....