Vôlei

Halep machuca o punho, mas luta e vence na raça

Melbourne (Austrália) – A estreia de Simona Halep no Australian Open foi marcada por um susto. A romena sofreu uma queda em quadra ainda no primeiro set e machucou o punho direito. Depois de correr alguns riscos e salvar três set points, Halep conseguiu vencer a norte-americana Jennifer Brady por 7/6 (7-5) e 6/1 em 1h36 de partida.

Vencedora de dois títulos de Grand Slam na carreira, Halep tem como melhor resultado na Austrália o vice-campeoanto em 2018. A jogadora de 28 anos e número 3 do mundo parou nas oitavas de final na edição passada. Sua próxima adversária virá do jogo entre a britânica Harriet Dart e a japonesa Misaki Doi.

Só o primeiro set da partida durou 1h09. Halep sofreu uma quebra de serviço logo no game de abertura e não vinha conseguindo ameaçar o saque da norte-americana. A ex-líder do ranking só conseguiria devolver a quebra no oitavo game. Pouco depois, com o placar empatado por 5/5, acabou escorregando em quadra e caindo em cima do braço direito, precisando de atendimento no meio do game.

Na volta à quadra, Halep cometeu três erros seguidos e sofreu uma nova quebra de serviço. Mas quando Brady sacava para fechar, a romena mostrou muito espírito de luta. Mesmo lidando com a dor, foi muito consistente do fundo de quadra e conseguiu salvar três set points. Na sequência, venceu um duríssimo tiebreak para fechar o primeiro set.

A oportunidade perdida pareceu pesar para Brady, enquanto Halep ganhava cada vez mais confiança. A romena conseguiu uma quebra logo de cara no segundo set e não teria o saque ameaçado durante a parcial, cedendo apenas cinco pontos em seus games de saque. No fim do set, Brady sofreria duas novas quebras. A norte-americana fez 24 a 20 em winners, mas cometeu 35 erros contra 23 da romena.

Kiki Bertens também estreia com vitória
Outra top 10 a avançar em Melbourne foi a holandesa Kiki Bertens, número 10 do mundo, que derrotou a romena Irina Begu por 6/1 e 6/4. Bertens enfrenta a australiana de 30 anos Arina Rodionova, 163ª do ranking e convidada para o torneio após vencer um playoff local em dezembro. Rodionova conseguiu uma inédita vitória em Melbourne ao superar a ucraniana Katerina Bondarenko por 3/6, 7/6 (7-5) e 6/0.

Fonte: TenisBrasil

Últimas Notícias

Stefani e Carter caem ainda na estreia em Doha

Doha (Qatar) - Durou apenas um jogo a participação de Luisa Stefani na chave de duplas do WTA Premier de Doha. A brasileira e...

Brasileiros caem nas semifinais de duplas no Rio

Rio de Janeiro (RJ) - Em sua sétima edição, o Rio Open segue sem títulos para os jogadores brasileiros. Os últimos atletas nacionais na...

Tsitsipas defende título e Aliassime amarga o 5º vice

Marselha (França) - Pela segunda vez em sua carreira profissional, Stefanos Tsitsipas conseguiu defender um título. O grego de 21 anos e número 6...

Grosjean: “Não tenho certeza se a Fórmula 1 é um esporte”

Romain Grosjean possui uma carreira relativamente extensa na Fórmula 1. O francês participou de 164 GPs ao longo de 11 anos no grid,...