Vôlei

Melo e Kubot estreiam com vitória tranquila

Melbourne (Austrália) – A primeira partida do mineiro Marcelo Melo e do polonês Lukasz Kubot no Australian Open não foi das mais complicadas. Eles abriram campanha no torneio nesta sexta-feira e precisaram de apenas 61 minutos para despachar os argentinos Diego Schwartzman e Guillermo Duran em sets diretos, com parciais de 6/3 e 6/2.

Cabeças de chave número 2, Melo e Kubot terão agora pela frente a parceria do mexicano Santiago Gonzalez com o britânico Ken Skupski, que estrearam com uma apertada vitória de virada, batendo o sul-coreano Soonwoo Kwon e o australiano John Millman com o placar final de 4/6, 6/4 e 7/6 (10-4).

O mineiro e o polonês dominaram os rivais argentinos, levaram a melhor nas bolas vencedoras (12 a 7) e terminaram a partida com um excelente aproveitamento de 82% com os serviços, contra apenas 57% de Schwartzman e Duran. Essa diferença nos saques fez com que Melo e Kubot não cedessem um break-point sequer no decorrer do confronto.

No primeiro set, Melo e Kubot demoraram um pouco mais para obter a solitária quebra, que só veio no sexto game. A história da segunda parcial foi bem mais tranquila para a parceria mineiro-polonesa, que saiu abrindo 4/0 e então precisou apenas confirmar os serviços para carimbar a primeira vitória neste ano nas quadras do Melbourne Park.

Fonte: TenisBrasil

Últimas Notícias

Stefani e Carter caem ainda na estreia em Doha

Doha (Qatar) - Durou apenas um jogo a participação de Luisa Stefani na chave de duplas do WTA Premier de Doha. A brasileira e...

Brasileiros caem nas semifinais de duplas no Rio

Rio de Janeiro (RJ) - Em sua sétima edição, o Rio Open segue sem títulos para os jogadores brasileiros. Os últimos atletas nacionais na...

Tsitsipas defende título e Aliassime amarga o 5º vice

Marselha (França) - Pela segunda vez em sua carreira profissional, Stefanos Tsitsipas conseguiu defender um título. O grego de 21 anos e número 6...

Grosjean: “Não tenho certeza se a Fórmula 1 é um esporte”

Romain Grosjean possui uma carreira relativamente extensa na Fórmula 1. O francês participou de 164 GPs ao longo de 11 anos no grid,...